10 conselhos para o Natal - saiba como evitar os excessos alimentares



Publiquei há cerca de 2 anos um artigo muito semelhante a este, mas como acho que nunca é demais recordar e refrescar as pautas alimentares nas épocas festivas, aqui fica novamente.


Natal e Ano Novo.

A família e os amigos reúnem-se à volta da mesa e os longos jantares e almoços são reconfortantes para a alma, mas por vezes resultam pesados para o corpo, reflectindo-se em digestões pesadas, indisposições e por vezes uns quilos a mais…

Não sou fundamentalista nem extremista, acho que podemos e devemos provar uns doces ou até mesmo optar por alimentos que não consumimos no dia a dia, o importante é sabermos compensar.

Como?

Estes 10 simples conselhos podem fazer diferença nestas Festas, de modo a compensarmos e evitarmos os excessos alimentares:


1 - Pensarmos no nosso corpo como um templo, o que comemos é o alimento das nossas células!


2 - Começar o dia com um copo de água morna (com umas gotas de sumo de limão ou vinagre de maçã).


3 - Estarmos mais activos na época das Festas. Fazer mais caminhadas ao ar livre, andar de bicicleta, dar passeios depois das refeições ou brincar activamente com os mais pequenos.


4 – Beber água durante o dia, sobretudo entre as refeições.


5 - Beber infusões digestivas depois das refeições. (Erva-Príncipe com Erva-Doce por exemplo.)


6 - Começar as refeições com uma salada, com verduras ou sopa, são ricas em fibra e pobres em calorias, ajudam a saciar e a moderar o apetite para o prato principal e sobretudo para a sobremesa.


7 - Dar preferência a fontes vegetais de proteína (leguminosas; sementes de abóbora e girassol; frutos secos; tofu; tempeh). São mais fáceis de digerir e deixam menos resíduos metabólicos no organismo.


8 - Optar por entradas/aperitivos saudáveis na mesa de Natal. Uma boa opção é substituir os queijos gordos por queijo fresco ou por queijos veganos de amêndoa ou tremoço; ou colocar uns crudités (verduras cruas cortadas em pedaços) com um pouco de húmus ou molho de iogurte para acompanhar.


9 - Os doces podem ser uma tentação e devem ser comidos com moderação. Pouca quantidade, saboreando cada pedaço lentamente, a ideia é encarar a sobremesa como algo especial e não como um alimento. Podemos também substituir os doces por frutas que contêm enzimas proteolíticas - ananás e papaia - que facilitam a digestão das proteínas e por isso são uma ajuda preciosa nas digestões pesadas.

Um truque que recomendo é optarmos por infusões que contenham elementos doces como o Alcaçuz, a Erva-Doce ou a Canela, podem ser uma boa opção para controlar o desejo de doces. (Caso tenha hipertensão não deverá tomar Alcaçuz.)


10 - Se tem tendência a abusar nestes dias festivos, opte por um jejum intermitente, não tome o pequeno-almoço (se jantou muito) ou não jante se o almoço foi mais abundante. Isto sempre que o seu estado de saúde o permita - se é diabético, está grávida o a amamentar não o faça -  caso tenha dúvidas consulte um profissional de saúde antes.



Boas festas e boas escolhas!

Subscreva a newsletter e receba gratuitamente o meu eBook:         "Dicas de uma naturopata para uma vida saudável e feliz"

MARCAÇÕES

 919 057 881     

       

 mariajoao@espacovida.net

CONSULTAS ON- LINE   

       

CONSULTAS PRESENCIAIS

Espaço Terapêutico Conchas (LISBOA)

  • Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Pinterest
© Naturopatia by Maria 2020