Essências Florais. A alma da planta que equilibra o nosso Ser.


foto: echo grid- unsplash

Sou apaixonada por esta terapia desde o dia em que a estudei, recordo estar nas aulas com um verdadeiro brilho nos olhos, fascinada com toda aquela informação, tão nova, mas ao mesmo tempo tão familiar. Penso que terá sido a primeira vez que ouvi falar em termos como: corpo energético, essência vital, terapia vibracional e chakras (ou centros de energia). Conceitos que desconhecia na altura e que hoje são tão naturais para mim.

Ao falarmos de essências florais, estamos a falar de uma terapia vibracional. Não existe substância química ou princípio activo numa essência floral, mas sim a sua vibração energética. Subtil? Sim, mas muito poderoso, acreditem.

"Se apenas concebermos o homem como uma entidade que vive dentro de um estreito casaco de pele, é normal que consideremos mágicos os estímulos que são direcionados para o seu campo de energia." (1)

Tudo é energia.

A energia é a matéria-prima para ser elaborada, onde o resultado será uma árvore, uma pessoa ou uma emoção.

A matéria, é apenas uma variedade da energia.

Para a medicina bioenergética, o homem é uma unidade de consciência, resultante da interação de diferentes campos de energia que podem ser resumidas em níveis físicos, emocionais, mentais e espirituais; onde a doença surge como resultado do atrito entre esses níveis de consciência. O fundamento básico da bioenergética é o reconhecimento da existência de um corpo vital ou energético, e este, representa o nível de passagem e de troca de todas as energias que circulam num ser vivo. Este corpo energético é sensível - entre outros estímulos vibratórios - à luz, à cor, ao som, a formas e figuras, campos electromagnéticos e imagens mentais, reagindo mesmo sem que estes tenham contacto direto com a pele. Esses estímulos são as ferramentas básicas da terapia vibracional. As essências florais são um sistema terapêutico desenvolvido pelo médico inglês Edward Bach em 1930, no entanto as suas origens remontam à China antiga e ao Egipto. Existem relatos de que Platão e Sócrates procuravam alívio para os seus estados emocionais nas gotas de orvalho que encontravam sobre as pétalas das flores.

Ao tomarmos umas gotas de uma essência floral, esta irá actuar no nosso corpo energético, viajando pelos nossos meridianos, dirigindo-se aos chakras e aos seus respectivos órgãos energéticos, onde começará a produzir efeito: incialmente nos estados emocionais e posteriormente na matéria, no nosso corpo. No entanto esta essência necessita encontrar uma receptividade vibracional no receptor, por isso caso tomemos a essência errada ela não produzirá nenhum efeito. Esta é a razão pela qual alguns pacientes me dizem que um dia decidiram comprar a essência floral x porque achavam que precisavam, mas… não notaram nenhum efeito. Nem sempre o que achamos precisar é o indicado… Existem 38 florais - do sistema de Bach - e muitos outros, se tivermos em conta os sistemas desenvolvidos posteriores ao Dr.Bach - California, Bush Australianos, Mediterrâneo, Alaska, etc. - e por este motivo (e não só) é importante que seja um terapeuta com formação em Terapia Floral a fazer uma preparação floral personalizada, pois esta irá exatamente ao encontro das necessidades da pessoa. Para além das 38 essências florais de Bach unitárias, existe ainda no mercado uma fórmula: Recue Remedy - que consiste numa combinação de cinco remédios de florais de Bach que são utilizados em situações de sobrecarga emocional: más notícias, nervosismo excessivo antes de um exame, quando nos sentimos facilmente impacientes e irritados, e situações de tensão e pressão. (Existe uma versão sem álcool que é a indicada para crianças, grávidas e animais).

Em que situações podemos recorrer e tomar (ou aplicar) as essências florais?

Nas mais diversas situações, mas sobretudo em conflitos fundamentais que impedem o indivíduo de ser verdadeiro com ele mesmo, tais como:

- Medo

- Incerteza

- Insegurança

- Falta de interesse no presente

- Solidão

- Hipersensibilidade às influências e ideias

- Desespero ou desânimo

- Excesso de preocupação pelo bem estar dos outros.

Cada essência floral ajuda a dissipar esse conflito e a promover a sua qualidade.

Como exemplo, vejamos a essência floral: Honeysuckle - este floral ajuda a libertar os apegos a questões do passado, a "deixar ir”; permite viver plenamente no presente, sem reviver o passado; promovendo o progresso espiritual e mental através do enraizamento no presente, no agora. A suavidade, doçura e a eficácia desta terapia fazem com que seja uma das minhas ferramentas de trabalho favoritas, podendo ser prescrita a adultos, grávidas, crianças e até mesmo bebés.

É preciso manter o pensamento flexível, a fim de que as idéias preconcebidas e convicções antigas não roubem a oportunidade de obter conhecimentos novos e mais amplos. Devemos estar sempre prontos a expandir a mente e a descartar qualquer idéia, mesmo que firmemente enraizada se, sob uma experiência mais ampla, surgir uma verdade maior. Edward Bach

(1) CARVAJAL, Jorge, Por los Caminos de la Bioenergetica - Un Arte de Curar, Luciérnaga, 2000.

Espero que esta informação seja útil para a vossa vida! Enviem-me um email para esclarecer alguma questão sobre este artigo, para mais informações sobre a consulta de Terapia Floral ou para colaborações em projectos/workshops: mariajoao@espacovida.net

#naturopatia #essênciasflorais #floraisdebach

35 visualizações

Subscreva a NEWSLETTER e receba gratuitamente o meu eBook:  "Dicas de uma naturopata para uma vida saudável e feliz."

Se preferir, ligue para

marcar consulta ou mais

informações.

Dias úteis das 10h às 16h.

 

    919 057 881

OUTROS CANAIS

  • Instagram
  • Pinterest

MARCAÇÕES

©Naturopatia by Maria 2020

Espaço Vida Natural
Rua Dr. Teófilo Braga

N.º 20, 2º Esq.
2670-480 Loures

mariajoao@espacovida.net

CONTACTOS