BLOG

Quem mantra, seus males espanta.



man·tra

(sânscrito mantra, pensamento)

1. [Filosofia, Religião] No hinduísmo e no budismo, fórmula (palavra ou expressão) que se pronuncia repetidamente e que visa alcançar um estado de relaxamento, contemplação e meditação.

2. [Figurado] Palavra ou expressão que se repete muitas vezes.


Os mantras, são os sons sagrados que têm origem nos Vedas, as escrituras sagradas do hinduísmo. São frases em sânscrito que são cantadas ou entoadas repetidamente, e que possuem um significado e o objetivo de levar o praticante a um determinado estado mental, que pode ser de calma, alegria, cura, paz, purificação etc., através da vibração sonora.

Os mantras podem ser cantados, entoados ou apenas mentalizados.

Seguindo a tradição, o mantra deve ser repetido 108 vezes (o 108 é considerado um número divino na Índia).

O mantra pode ser uma única palavra (por exemplo: OM), uma pequena frase (Om Namah Shivaya, por exemplo) ou ter vários versos (como o Gayatri Mantra).


Os mantras afetam não apenas nosso corpo físico, mas também os nosso corpo subtil - as nossas emoções, a mente e a alma.

Existem milhares de invocações e mantras de várias culturas e religiões ao redor do mundo. Desde os Vedas, existem tradições cantadas em todos os continentes em diferentes cronologias de tempo.

Os mantras mais antigos são os mais poderosos, porque um mantra que foi repetido desde a época dos Vedas tem mais poder do que um mantra usado há 1000 ou 2000 anos. Um mantra de 4000 anos se repetiu por mais tempo, por mais pessoas, gerou mais poder vibracional sobre situações, coisas e pessoas. Em alguns, observa-se uma semelhança de ritmo e entonação que nos faz pensar em uma origem comum, e portanto, em longos ciclos de uso que lhe conferem o poder de repetição imemorial, embora o valor mais profund